Ateliê Recordar Blog

Filmes, séries, clipes musicais, desenhos animados, comerciais. Tudo que passou na tv durante os anos de 1980 e 90, porque recordar é viver, reviver!

Robocop - 1897


O Ateliê Recordar Blog recorda um filme que marcou uma década e acabou por se tornar um ícone da cultura pop. Robocop é um filme americano de 1987, de ação e ficção científica, realizado por Paul Verhoeven e escrito por Edward Neumeier e Michael Miner. Uma nova versão do filme foi produzida, desta vez sob direção do diretor José Padilha de Tropa de Elite, lançado em fevereiro de 2014.


SINOPSE

Depois de ter sido mortalmente ferido em cerco a marginais, policial (Peter Weller) transformado num misto de máquina e homem a serviço da justiça. quando tem que enfrentar uma gangue disposta a dominar a cidade, sob a custódia legal de poderoso executivo.

CAPA VHS

CAPA DVD

TRAILER

CHAMADA DA GLOBO (TELA QUENTE - 1990)

PARTES DO FILME EM HD

PERSONAGENS PRINCIPAIS

  • Oficial Alex J. Murphy / RoboCop (Peter Weller): Policial ciborgue

  • Oficial Anne Lewis (Nancy Allen): Policial parceira de Alex

  • Richard "Dick" Jones (Ronny Cox): O segundo líder da OCP

  • Robert "Bob" Morton (Miguel Ferrer): Executivo da OCP

  • Clarence Boddicker (Kurtwood Smith): Bandido principal

  • Emil Antonowsky (Paul McCrane): Bandido do grupo de Clarence

  • Leon Nash (Ray Wise): Bandido do grupo de Clarence

ANTES E DEPOIS DO ELENCO

Peter Weller (70 anos)

Nancy Allen (67 anos)

Ronny Cox (79 anos)

Miguel Ferrer (faleceu em 2017, com 62 anos)

Kurtwood Smith (74 anos)

Paul McCrane (56 anos)

Ray Wise (70 anos)

CURIOSIDADES

  • Michael Ironside, Arnold Schwarzenegger e Rutger Hauer foram cotados para o papel. Acabou que, Peter Weller, ator e maratonista nas horas vagas, estava em forma para o papel.

  • Apesar do icônico pôster, Weller não cabia no carro com a armadura inteira. Por isso, em todas as cenas dentro do carro, o Robocop estava “sem calças”.

  • Peter Weller buscou consultoria para desenvolver um movimento fluido do robô policial. Incorporando técnicas de mímicos, ele praticou por 7 meses até desenvolver um movimento único para o personagem. Weller chegou a dançar no Central Park com equipamento de futebol americano.

  • O processo de fabricação da armadura do Robocop levou quase 8 meses.

  • Após duas semanas de filmagem, Weller vestiu o uniforme pela primeira vez. Depois de um cansativo processo que levava de 8 a 11 horas, ele descobriu que quase não conseguia se mover!

  • Mesmo removendo partes, a armadura ainda causava desconfortos para Weller se mover. Ele insistiu para que se encontrasse uma solução. Em dois dias, ator e diretor chegaram ao movimento de andar característico do personagem.

  • Apesar da história se passar em uma Detroit futurista, nem uma única tomada (ou de suas sequências) foi feita na cidade. De acordo com o produtor Jon Davison, eles descartaram filmar na cidade por que ela não tinha nenhuma construção futurista ou moderna. As filmagens ocorreram nas cidades de Pittsburgh e Dallas.

  • As ruas de Detroit, repletas de vilões armados e muitas explosões, eram, na verdade, uma rua de Dallas pronta para ser demolida.

  • Provavelmente influenciados pelo movimento para erguer uma estátua do Robocop em Detroit, os diretores resolveram, finalmente, fazer algumas externas na cidade.

  • Romance não parece ter vez em RoboCop, mas uma história de amor foi considerada por Verhoeven e o roteirista Ed Neumeier. Antes do script final, Verhoeven pediu a Neumeier e o co-roteirista Michael Miner um rascunho de um romance entre Murphy e Anne Lewis, mas ao ler a versão, o diretor decidiu que a versão anterior, sem o afair, era melhor.

  • Um dos personagens mais icônicos de Robocop e que nunca teve o seu nome nas telas: Bixby Snyder (interpretado por S.D. Nemeth), astro de “Não é meu problema!” e “eu compraria por um dolar!”. O nome do show é apenas mencionado em uma cena deletada: “Topless Pizza”.

  • As ideias de Verhoeven, de um vestiário compartilhado, o acompanham desde o Robocop de 1987, e depois, em Starship Troopers, dez anos depois.

  • O grande Alfred Hitchcock sempre adorou participar de seus filmes, mas no caso de Paul Verhoeven, RoboCop foi a única vez que o diretor apareceu na frente da câmera, e foi por acidente. A cena, no qual Robocop prende um dos bandidos em uma discoteca, o operador de câmera Jost Vacano filmou Verhoeven inspirando os dançarinos, o que acabou virando um “easter egg” para o Blue-ray. Ele só soube da cena durante a edição do filme, mas concordou que a filmagem se encaixava na cena..

  • Ed Neumeier começou um rascunho de Robocop 2 onde o herói estaria “offline” por 25 anos após ter sido atingido por uma explosão. Mas o desenvolvimento deste roteiro cai por terra com a greve dos roteiristas. Entao, Robocop 2 e 3 foram escritos pelo autor de quadrinhos, Frank Miller.

  • Para o confronto, nos quadrinhos, entre Robocop e o Exterminador do Futuro, Frank Miller criou uma história em 4 partes onde a consciência de Murphy estava enterrada na futurista Skynet, já que a tecnologia do Robocop teria auxiliado, em primeiro lugar, o surgimento do poderio das máquinas. Miller até faz uma ponta em um dos filmes.

FONTES: wikipédia, youtube.com, adorocinema.com, tudointeressante.com.br,

iniciativanerd.com.br


Gostou do post? Então curta, comente e indique para o amigo(a) o Blog do Ateliê Recordar. Tudo foi feito com o maior carinho sem ganhar nada em troca. Quer ver algum tema específico? Então comenta aqui para mim! ;)

Tags:

Posts Em Destaque